Goiânia - Goiás

Rua 9-A, n° 160, Piso L Setor Aeroporto

(62) 3221-8142

Agende sua consulta

Seg - Sex: 8:00 - 14:00

Atendimento personalizado

Próstata

A próstata é uma glândula e faz parte do aparelho reprodutor humano. Ela fica abaixo da bexiga e acima do reto, englobando toda a volta da primeira porção da uretra. A próstata colabora com a produção do fluido seminal que ajuda a carregar os espermatozoides durante a ejaculação. Um dos problemas mais comuns da próstata é o seu crescimento benigno, que, com o passar do tempo, pode comprimir a uretra e causar dificuldade para urinar.

Câncer de próstata
Ninguém sabe exatamente o que causa o câncer de próstata. No entanto, sabe-se que não é uma doença contagiosa e que alguns fatores de risco fazem com que certos homens tenham mais chance do que outros de desenvolvê-la.

O câncer de próstata é o tumor maligno mais comum do homem e estima-se nos Estados Unidos que na média um em cada seis homens vai desenvolver a doença.

Hiperplasia prostática benigna
A hiperplasia prostática benigna é muito comum em homens adultos. Ela é caracterizada pelo crescimento nodular de uma das regiões da próstata, que geralmente ocorre a partir dos 40 anos. Por se localizar logo abaixo da bexiga e envolver a uretra, o crescimento da próstata pode comprimir a uretra, diminuindo o seu calibre e dificultando ou impedindo a passagem da urina. A urina estagnada favorece o aparecimento de infecções e de cálculos renais.

As causas da hiperplasia prostática benigna ainda são desconhecidas. Entretanto, acredita-se que vários fatores simultâneos estejam envolvidos, como idade, história familiar, presença de níveis elevados de hormônios masculinos (testosterona) e alterações genéticas.

Esta doença pode levar a um aumento tão importante do tamanho da próstata que o indivíduo passa a ter dificuldade em urinar e a ter sintomas relacionados à bexiga.

Prostatites
Os processos inflamatórios e infecciosos da próstata são bastante comuns, correspondendo a cerca de 8% das consultas a urologistas.

As infecções agudas da próstata são chamadas de prostatites agudas e têm como sintomas: febre, dor perineal e dificuldade ao urinar de início abrupto.

Devem ser tratadas com antibióticos e, nestes pacientes, deve-se evitar a manipulação uretral. As sondagens vesicais e mesmo o exame de toque retal devem ser evitados, pois podem disseminar bactérias para a corrente sanguínea e provocar infecções graves, podendo chegar a sepse.

Pacientes com queixas de dor crônica na região perineal, no abdômen inferior, no pênis ou nos testículos, principalmente quando associada a ardor discreto ao urinar e infecções do trato urinário de repetição, podem ser portadores de infecções ou inflamações da glândula prostática. Estes sintomas podem ainda ser decorrentes de alterações na condução nervosa da região perineal, condição conhecida como síndrome da dor pélvica crônica.

Exames da secreção prostática obtida por massagem da glândula são os mais adequados para confirmar cada um dos diagnósticos e orientar tratamentos apropriados.

A abordagem cirúrgica ainda é um dos métodos mais utilizados e eficazes para o tratamento de Hiperplasia Prostática Benigna Obstrutiva (HBP). Durante a última década

ver mais

AUA – 2015 – New Orleans / Press / Urovideo A ciência sempre se nutre de desafios. A American Urological Association (AUA – EUA) em

ver mais

O Workshop Plasma ButtonVaporization com atividades cirúrgicas práticas foi realizado nos dias 20 e 21 de Outubro de 2011, no Hospital das Clínicas da Faculdade

ver mais

O Workshop Plasma Button Vaporization com atividades cirúrgicas práticas foi realizado nos dias 20 e 21 de Outubro de 2011, no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Goiás (UFG), na cidade de Goiânia-GO.

X